Fraturas Ortopédicas

(Úmero Proximal)

As fraturas do úmero proximal estão entre as mais comuns no ombro. É uma lesão comum em idosos devido à osteoporose.

A maioria das fraturas proximais do úmero não necessitam de cirurgia (tratamento conservador) e geralmente são tratadas com tipoia por aproximadamente 3 ou 4 semanas, medicamentos, fisioterapia, etc.

A indicação do tratamento (conservador ou cirúrgico) depende da classificação da fratura, saúde geral do paciente, idade, presença de outras lesões, etc.

A cirurgia consiste em posicionar adequadamente o osso e fixa-los com placa e parafusos ou haste intramedular (dentro do canal ósseo). Em poucos casos é necessário o uso de prótese. A cirurgia permite mobilização precoce na maioria dos casos.

Após o tratamento da fratura (cirúrgico ou não cirúrgico) será necessário a realização de fisioterapia. Seu compromisso com a fisioterapia e com escolhas saudáveis ​​pode fazer grande diferença na recuperação.

ARTIGO ANTERIOR

PRÓXIMO ARTIGO

Deixe um comentário